Como avaliar um Charuto

 

 

Como Avaliar um Charuto    Para poder avaliar um charuto recomenda-se que disponha de tempo suficiente e um ambiente próprio para fumá-lo, sozinho ou na companhia de amigos que também apreciem este hábito. A simples contemplação de uma caixa de charutos já estimula a imaginação. A expectativa de abri-la cuidadosamente e levantar o papel que cobre os charutos perfeitamente alinhados em harmonia e sem repetição. Aliás dentro de uma mesma caixa, cada charuto é um objeto único, elaborado manualmente cada um tem sua história para contar pois não existem dois charutos iguais. Desfrute do aroma que se libera, mescla de tabaco e madeira de cedro, seu perfeito complemento.

                                                                                                     



CAPA - A uniformidade da cor da capa é uma qualidade importante, mas as pequenas diferenças de tom confirmam que estamos na frente de um produto totalmente natural. O brilho sedoso da capa é indicador de sua riqueza e precursor de um aroma mais forte durante a sua fumada. Com o tato descobrimos as condições ideais de umidade (65% a 75%).

CONSISTÊNCIA - Sinta a consistência de sua construção apalpando com a ponta dos dedos todo seu formato para verificar se existe alguma obstrução ou nódulo interno. Se ao ser apalpado ceder com facilidade esta garantido o fluxo ideal. Em caso de encontrar um caroço o fluxo está comprometido. É raro que o charuto apresente muita resistência ao ser apalpado, mas se isto ocorrer é melhor optar por outro charuto.

CORTAR E ACENDER - Cortar a ponta onde está a parte coberta pode se fazer de várias formas. Um conselho é utilizar um instrumento que consiga um corte uniforme. Para acender um charuto incline-o sobre a chama fazendo rodar entre seus dedos de forma que a chama vá formando uma brasa ao redor da ponta. Sopre sob a brasa para verificar se ele realmente acendeu de forma regular. Leve o charuto aos lábios e encha a boca com a primeira bocanada de fumaça. Deixe por alguns segundos e ao soltar sinta o gosto deixado entre a língua e o céu da boca.

QUEIMA - Se enquanto estiver fumando seu charuto apagar não se preocupe. Devemos manter um intervalo entre uma baforadas e outra de 30 segundos a um minuto para manter a combustão ou ele se apagará naturalmente. Um ritmo rápido ira fazer com que a fumaça chegue quente demais tornando o charuto amargo demais. Fumar pausadamente faz com que possamos aproveitar ao máximo nosso charuto. No caso de ter que reacender seu charuto retire a cinza e proceda da mesma maneira como o acendeu.

RETROGUSTO (gosto final) - Ao fumar seu charuto não se deve tragar a fumaça para os pulmões, hábito muito comum entre fumadores de cigarros, que acabam se convertendo em apreciadores de charutos. A baforada de um charuto é muito mais densa e abundante que a de um cigarro e irá causar um acesso de tosse. Desfrute da sensação que a fumaça deixa na boca quando se dissolve na saliva e estimula as papilas gustativas. Esta experiência irá determinar qual é a sua forma pessoal de desfrutar de um charuto.

CINZA - A cinza obtida na degustação é um excelente indicativo da qualidade de seu charuto. Quanto mais uniforme e maior ela for melhor será a qualidade na elaboração do mesmo. Os charutos feitos a máquina com folhas partidas em pedaço não conseguem manter-se por mais de 1 cm. Com 3 cm de cinza podemos afirmar que o charuto foi elaborado manualmente e sua coloração pode indicar sua origem. Cinza branca significa que o tabaco cresceu em um solo rico em magnésio, cinza metalizada significa que o solo é rico em ferro. Evite desprender a cinza a toda hora como se fosse um cigarro, o ideal é manté-la por 2 ou 3 cm e aí encostando no cinzeiro deixe que ela se desprenda.

Recomenda-se que devemos fumar até 2/3 de um charuto ou um dedo abaixo do anel mas isto é apenas uma dica, pois quem sabe da qualidade de seu charuto é a pessoa que o está fumando. Na hora do adeus final basta colocá-lo no cinzeiro. Ele irá se apagar em pouco tempo se não for ventilado. Permita que ele morra com dignidade não esmagando como se fosse um cigarro.
Por: Cesar Adames

     

Artigo Relacionado: Preserve seus Charutos

 
  
  
    
 
  

Copyright © Artdesigner Samuel.Todos os direitos reservados

Conheça nosso Show Room: Marque um horário conosco para visita.

Endereço: Rua José Oiticica, 226   Jardim Itapema   São Paulo - SP    Cep: 03578-080    

referencia: próximo ao Shopping Aricanduva